9B – Atividade – O sentido da vida (laboratório)

Bem vindos à nossa primeira atividade de pesquisa.

A tarefa de hoje será a seguinte:

Cada dupla ou trio deverá pesquisar e produzir um texto  sobre o filósofo ou corrente indicada na seguinte ordem:

  1. Epicuro
  2. Hedonismo
  3. Schopenhauer
  4. Nietzsche
  5. Sócrates
  6. Aristóteles
  7. Santo Agostinho
  8. Sartre

O texto deverá responder aos seguintes itens:

  • Nome do filósofo
  • Período histórico e local
  • Principais ideias
  • Objetivo da existência humana, de acordo com o filósofo:
  • Relação com a resposta de algum dos personagens do episódio de Gumball.

ATENÇÃO: o texto deverá ser postado como comentário aqui nesse post. NÃO ESQUEÇAM DE INCLUIR:

  • NOMES DOS COMPONENTES DO GRUPO
  • SÉRIE
  • TURMA

 

15 comentários em “9B – Atividade – O sentido da vida (laboratório)”

  1. Considerado um filósofo grego do período helenístico, Epicuro de Samos teve uma obra tão influente que fez com que diversos e numerosos centros epicuristas fossem construídos no Egito, mais precisamente em Jônia. Seu maior divulgador foi Lucrécio, que começou a espalhar sua filosofia em Roma no século I.
    Epicuro deu origem a filosofia epicurista, baseada no prazer da amizade. Epicuro não acreditava na imortalidade. A vida, dizia ele, era uma tragédia. Não somos filhos de Deus, vivemos e morremos por acaso e depois da morte não há outra vida.
    Dizia que era um dever do homem tornar a vida presente a melhor possível. E a melhor espécie de vida era a vida de prazer – não de prazer turbulento, mas de prazer refinado. Cultivar a felicidade da vida simples. Aprender a gozar do pouco que tendes e evitar os excitamentos de ambicionar mais.
    Cultivar um tranquilo senso de humor, aprender a sorrir diante das loucas ambições dos amigos. Aprender também a auxiliá-los nas suas necessidades. Desenvolver o talento de adquirir amigos. Não podeis ser mais felizes do que partilhar vossa felicidade com vossos amigos. De todos os prazeres do mundo, o maior e o mais duradouro é a amizade.
    Epicuro pregou a doutrina do egoísmo, um novo modo de egoísmo: era um egoísmo esclarecido, baseado na regra de dar e tomar. Devemos dar prazer afim de receber prazer. Usado em termos negativos, não deveis infligir qualquer injúria. Vivei e deixai viver. Em outras palavras, o mais sensível meio de ser egoísta é não ser egoísta. Ser vosso melhor amigo, sendo um bom amigo para os outros.
    Ir atras dos seus objetivos.

    Curtir

  2. Jean-Paul Sartre nasceu em Paris, em 21 de junho de 1905. Criado pela mãe e pelo avô, estudou na Escola Normal Superior, onde conheceu a escritora Simone de Beauvoir, em 1924, com quem estabeleceu uma relação afetiva até sua morte. De 1931 a 1945 lecionou filosofia em várias escolas secundárias. Recrutado em 1939 para a II Guerra Mundial, acabou prisioneiro dos alemães entre 1940 e 1941. Depois de libertado, voltou a lecionar e se integrou à Resistência Francesa, de oposição ao nazismo, fundando o Movimento Socialismo e Liberdade.
    Após a guerra, aproximou-se dos comunistas. Em 1945 cria com outros intelectuais a revista Les Temps Modernes, que exerceu grande influência sobre a intelectualidade francesa. Foi o primeiro diretor do hoje tradicional jornal esquerdista Libération. Em 1956 rompeu com o modelo socialista russo após a intervenção das tropas soviéticas na Hungria. Na década de 1950 abraçou o comunismo maoísta – dizendo ser o marxismo “a filosofia inevitável de nosso tempo” – e posicionou-se publicamente em defesa da libertação da Argélia, da Revolução Cultural da China e dos movimentos estudantis de 1968. Morreu em Paris, em 1980.
    Sua obra mais destacada intitula-se “O Ser e o Nada: ensaio de ontologia fenomenológica”, publicada em 1943
    Esse tratado filosófico aborda sobre a filosofia de Heidegger e alguns pensamentos sobre a liberdade humana. No entanto, foi essencial para configurar sua própria teoria sobre o existencialismo.
    A relação com o episódio de Gumball é que de acordo com Sartre, o ser humano existe como uma coisa e uma consciência, ele se relaciona com a mae de gumball (mente).

    Curtir

  3. Seu nome era Aurélio Agostinho. Nasceu em Tagaste, uma cidade do Norte da África dominada pelos romanos, na região onde hoje fica a Argélia, em 13 de novembro do ano 354. Filho primogênito, seu pai, chamado Patrício, era pagão e pequeno proprietário de terras. Sua mãe, pelo contrário, era cristã fervorosa, tanto que tornou-se santa, Santa Mônica, celebrada no dia 27 de agosto, um dia antes da festa de Santo Agostinho. Mônica sempre buscou educar o filho na fé cristã. Agostinho, porém, por causa do exemplo do pai, não se importava com a fé. pensamento cristão medieval e da filosofia patrística servir a deus e refletir e a resposta corresponde ao queixo

    Curtir

  4. Hedonismo é uma corrente filosófica que surgiu em 435 a.C na Grécia Antiga após diversas pesquisas de Filósofos gregos, ela fala que os prazeres corporais(sexuais,consumo e status) são o objetivo da vida e é a chave para o prazer e a felicidade da vida inibindo a dor e o sofrimento do corpo e da alma. Alguns de seus representantes mais antigos são Aristipo de Cirene e Epicuro, que são considerados os pais do Hedonismo, mas o primeiro acreditava na importância do prazer do corpo em relação ao prazer mental, enquanto o segundo associava o prazer à paz e à tranquilidade da vida. Essa corrente filosófica é muito parecida com a visão do pai de Gumball que fala que o sentido da vida é buscar todas as formas de prazer dela. Feito por: João Pedro, Hugo e Ygor-9anob

    Curtir

  5. Nome: Maria Fernanda e Julia
    Turma: 9ano B

    O nome do filósofo é Schopenhauer. Ele viveu no século XIX na Alemanha. Alguns pensamentos e ideias:
    • Grande parte de sua teoria filosófica esteve baseada nos pensamentos de Immanuel Kante seu idealismo transcendental.
    • Nele, a essência do mundo seria resultado da vontade de viver de cada um. Além disso, Schopenhauer se inspirou na filosofia niilista de Friedrich Nietzsche.
    • Na concepção de Schopenhauer o mundo estaria repleto de representações criadas pelos sujeitos. Nessa linha, a essência das coisas seria somente encontrada através do que ele chamou de “insight intuitivo”, um tipo de iluminação.
    • Sua teoria filosófica abordou diversos temas relacionados com a existência humana, o sofrimento e do tédio. Dessa forma, segundo o filósofo, a vida oscilaria do sofrimento ao tédio e a felicidade seria algo momentâneo.
    • Seus estudos estiveram apoiados em diversos assuntos, como a metafísica, a ética, a moral.
    • O amor, segundo o filósofo, era considerado um mal necessário e, portanto, fundamental para a procriação. Nas palavras do filósofo: “Amor é apenas instinto de sobrevivência da espécie.”

    De acordo com Schopenhauer a vida oscilaria do sofrimento e do tedio, no episódio de Gumball alguns personagens como o vendedor falam que a vida é só uma rotina entediante e chata.

    Curtir

  6. Nome do filósofo: Friedrich Nietzsche.
    Período histórico e local:Alemanha e do século XIX.
    Principais ideias:Niilismo de Nietzsche , é a descrença total nos valores impostos pela sociedade. Deus está morto, A afirmação que fez na obra O Anticristo, de que “Deus está morto”, causa mini enfartos nos cristãos até hoje. O Eterno Retorno, A forma como você reagiria à proposta do demônio diz muito sobre o modo como você leva a vida e faz questionar (muito) sobre o rumo que dá a ela e como toma suas decisões. O conceito do Super Homem, Segundo o filósofo especialista em Nietzsche Oswaldo Giacóia, da USP, o Super Homem (ou Além do Homem) poderia ser representado por aquele que encarara a vida sem as muletas que o homem usou até hoje para poder suportar a existência, como a religião ou a moral, por exemplo.
    Objetivo da existência humana, de acordo com o filósofo: Segundo o filósofo especialista em Nietzsche Oswaldo Giacóia, da USP, o Super Homem (ou Além do Homem) poderia ser representado por aquele que encarara a vida sem as muletas que o homem usou até hoje para poder suportar a existência, como a religião ou a moral, por exemplo. Segundo Nietzsche, estas muletas seriam uma negação da morte. Seria por causa dessa negação que as pessoas acreditariam em falsas promesas como o paraíso, por exemplo. Portanto, o Super Homem seria um ser superior, uma ideia melhorada de nós mesmos: não na força, mas no psicológico.
    Relação com a resposta de algum dos personagens do episódio de Gumball: vendedor, morto e planeta, por que ele acha que a vida nao tem sentido , nao credita em nada , a vida é sem sentido quando se ta em uma rotina .

    Curtir

  7. Sócrates ( Pedro Limongi e Rodrigo ) 9ano B

    Sócrates (Alópece, c. 469 a.C. – Atenas, 399 a.C.) foi um filósofo ateniense que viveu no período clássico da Grécia Antiga. Ele acreditava na imortalidade da alma, e que teria recebido uma missão especial do deus Apollo, ele também duvidava que a virtude podia ser ensinada para as pessoas e dizia que excelência moral era por base nas suas inspirações, não tendo nada a ver com parentesco. Sócrates revolucionou sua época quando começou a acreditar nos seres humanos, e não nos fenômenos naturais, distinguindo o ser humano da carne e corpo. Sócrates dizia, portanto, que o sentido da vida vinha de si mesmo, se relacionando com a treinadora no “Incrível mundo de Gumball”, que diz que o sentido da vida é se encontrar.

    Curtir

  8. Aristóteles
    No ano 384 a.C. nasceu, em Estagira, Macedônia, Grécia. Morreu doente em 322 a.C. em Cálcia, na Eubéia.
    Valorizava a inteligência humana e a educação, tinha princípios como: princípio de identidade, da não contradição e do terceiro excluído, a essência das coisas está nelas mesmas, acreditava que paixões humanas não são boas e nem ruins.
    O homem tende a viver em sociedade, pois de acordo com ele somente assim somos humanos, fora da cidade o homem é o pior dos animais. “Se nós somos seres naturalmente inclinados para a vida em sociedade e se esta vida é a melhor vida possível, então ninguém pode dispensar-se da tarefa de pensar a coletividade.”- Trecho retirado de: https://www.tribunapr.com.br/noticias/aristoteles-por-que-vivemos-coletivamente/.
    Os pensamentos de Aristóteles tem relação com as resposta de Nicolle, pois ele diz que a paixão não é boa e nem ruim. Nicolle pensa em ter uma família e protege-la, de modo que ela esteja vivendo em sociedade.

    Izabelly Freitas, Lissandra Alves e Luísa Palhares, 9ºB.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s