9A – Atividade – O sentido da vida (laboratório)

Bem vindos à nossa primeira atividade de pesquisa.

A tarefa de hoje será a seguinte:

Cada dupla ou trio deverá pesquisar e produzir um texto  sobre o filósofo ou corrente indicada na seguinte ordem:

  1. Epicuro
  2. Hedonismo
  3. Schopenhauer
  4. Nietzsche
  5. Sócrates
  6. Aristóteles
  7. Santo Agostinho
  8. Sartre

O texto deverá responder aos seguintes itens:

  • Nome do filósofo
  • Período histórico e local
  • Principais ideias
  • Objetivo da existência humana, de acordo com o filósofo:
  • Relação com a resposta de algum dos personagens do episódio de Gumball.

ATENÇÃO: o texto deverá ser postado como comentário aqui nesse post. NÃO ESQUEÇAM DE INCLUIR:

  • NOMES DOS COMPONENTES DO GRUPO
  • SÉRIE
  • TURMA

 

24 comentários em “9A – Atividade – O sentido da vida (laboratório)”

  1. Nome do filósofo:
    Epicuro de Samos

    Período histórico e local:
    Epicuro (341 a.C.-271 a.C.) foi um filósofo grego, que viveu no período denominado Helenístico. Considerado o “Profeta do Prazer” e o “Apóstolo da Amizade”, Epicuro foi o primeiro a sugerir a Teoria Darwiniana ao apresentar um esboço, extraordinariamente moderno, da evolução, 2.300 anos anos antes de Darwin.

    Principais ideias:
    Epicuro deu origem a filosofia epicurista, baseada no prazer da amizade. Epicuro não acreditava na imortalidade. A vida, dizia ele, era uma tragédia.

    Objetivo da existência humana, de acordo com o filósofo:
    Com regras e aliado com a natureza.

    Relação com a resposta de algum dos personagens do episódio de Gumball.

    Trabalho de filosofar e cada um ter uma opinião.

    Curtir

    1. Friedrich Nietzsche nasceu em Röcken, Alemanha, em 15 de outubro de 1844., ao se tornar adolescente, porém, sua vida mudou radicalmente de rumo. Suas principais ideias eram: O conceito do Super Homem, O Eterno Retorno, Deus esta morto e Niilismo de Nietzsche.

      Curtir

  2. Hedonismo:

    O Hedonismo é uma corrente filosófica que defende que o prazer é o caminho certo para atingir a felicidade. Essa teoria surgiu na Grécia e se iniciou na Idade Moderna.
    Hedonismo Cirenaico
    Aristipo de Cirene, filósofo contemporâneo de Sócrates, é considerado o pai do hedonismo. Ele determinou que havia uma distinção entre os dois estados da alma humana, dizendo haver o movimento suave da alma, que seria o prazer, e o movimento áspero, que seria a dor. Para ele, independente da forma e da origem, o prazer sempre teria como objetivo a diminuição da dor, e também entende o prazer do corpo como o sentido da vida.

    Hedonismo Epicurista

    Hepicuro de Samos alterou a teoria afirmando que o prazer não era exatamente a busca da satisfação física mas a libertação de todo e qualquer sofrimento. Para ele, é preciso a busca de equilíbrio e serenidade, além de abandonar a busca pelos prazeres corporais e bens materiais, estes passageiros.

    Podemos relacionar essa teoria com a resposta do pai de Gumball, Ricardo, que fala que devemos aproveitar o máximo da vida, buscando os maiores prazeres possíveis

    Beatriz e Carol – 9A

    Curtir

  3. Nome do filósofo:
    Epicuro de Samos

    Período histórico e local:
    Epicuro (341 a.C.-271 a.C.) foi um filósofo grego, que viveu no período denominado Helenístico. Considerado o “Profeta do Prazer” e o “Apóstolo da Amizade”, Epicuro foi o primeiro a sugerir a Teoria Darwiniana ao apresentar um esboço, extraordinariamente moderno, da evolução, 2.300 anos anos antes de Darwin.

    Principais ideias:
    Epicuro deu origem a filosofia epicurista, baseada no prazer da amizade. Epicuro não acreditava na imortalidade. A vida, dizia ele, era uma tragédia.

    Objetivo da existência humana, de acordo com o filósofo:
    Com regras e aliado com a natureza.

    Relação com a resposta de algum dos personagens do episódio de Gumball.

    Relação com o pai que fala de aproveitar a vida sem muitos desejos

    9a

    Curtir

  4. Arthur Schopenhauer nasceu em Danzig, 22 de fevereiro de 1788 e morreu em Frankfurt, 21 de setembro de 1860. Ele foi um filósofo alemão do século XIX. As ideias de Schopenhauer consistem em uma coletânea de pensamentos ditos pessimistas que dizem respeito à vida humana. Segundo o filósofo, esta é regida pela vontade e, sendo, a vontade, uma espécie de Deus presente em todos os humanos sem exceção, a qual necessita de sobreviver valendo-se do desejo sexual para se reproduzir e multiplicar, e devido ao desejo de sempre querer mais, a vontade acaba levando ao sofrimento humano, pois o homem nunca será satisfeito com uma única coisa. Schopenhauer acreditava no amor como meta na vida, mas não acreditava que ele tivesse algo a ver com a felicidade. Era apenas a vontade cega e irracional que todos os seres têm de se reproduzirem, dando assim continuidade à vida e, por conseguinte, ao sofrimento. A sensação de felicidade que o amor traz é apenas o interrompimento temporário do querer, a fuga de uma dor imposta pela vontade. A relação entre Schopenhauer e o episódio de Gumball está com a mãe dos meninos, que diz que o sentido da vida é construir uma família.

    Curtir

  5. Nome do Filósofo: Sócrates

    Período Histórico: 469-399 a.C

    Principais Ideias:
    1)Deve-se temer mais o amor de uma mulher do que o ódio de um homem
    2)“A mentira nunca vive o suficiente para envelhecer”
    3)“O mundo que eu criei, não é o mundo que me criaram, enfim, e, porquanto eu sei, no fundo nunca saberei de mim, mas eu sei quem eu sou”
    4)‘’Em qualquer direção que percorras a alma, nunca tropeçarás em seus limites”

    Objetivo da Existência humana: Conhecer a mim mesmo para saber como modificar minha relação comigo, com os outros e com o mundo.

    Relação com a fala de um dos personagens de Gumball : Um dos personagens (cubo rosa) diz que o nosso sentido na vida é encontrar a si mesmos como diz Sócrates.

    Curtir

  6. Surgiu na Grécia Antiga, e seu mais célebre representante foi Aristipo de Cirene.
    Hedonismo é uma filosofia que coloca o prazer como bem supremo da vida humana. Alguns de seus representantes mais antigos são Aristipo de Cirene e Epicuro. A escola filosófica do hedonismo baseia-se em duas concepções de prazer: a primeira toma-o como critério das ações humanas; a segunda considera-o como único valor supremo.

    Aristipo considerado pai do Hendonismo concluiu que, independente de sua forma e origem, o prazer tem sempre o objetivo de diminuir a dor, sendo o único caminho para a conquista da felicidade. O filósofo ainda afirma que o prazer do corpo é o sentido da vida.

    Mas a teoria de Aristipo de Cirene foi modificada por Epicuro de Samos. Este afirmava que o verdadeiro prazer não estava na busca da satisfação do corpo, mas sim na libertação do sofrimento, da dor e da agitação. Porém, para se chegar a tal estado de extinção da dor é preciso buscar concentração em necessidades como equilíbrio, serenidade, entre outras, abandonando a busca desenfreada por bens e prazeres corporais, que seriam passageiros.

    O hedonismo de Aristipo se diferencia do pregado por Epicuro na avaliação da moral do prazer. O primeiro diz que o prazer é um bem em si, podendo ser usado intensamente. Já Epicuro determina a moderação do prazer no intuito de que se possa chegar à verdadeira felicidade.

    A relação do Hedonismo com Gumball é que a filosofia do Hedonismo é o prazer como bem supremo da vida humana e um dos personagens acha que o sentido da vida é descobrir e explorar seus prazeres.

    Curtir

  7. Maria Carolina Gois e Raul Sanseverino!

    Nome do filósofo:
    Epicuro de Samos

    Período histórico e local:
    Epicuro (341 a.C.-271 a.C.) foi um grande filósofo grego, que viveu durante um período denominado Helenístico. Epicuro era considerado “Profeta do Prazer” e o “Apóstolo da Amizade”,

    Principais ideias:
    Epicuro fez a filosofia epicurista, com base no prazer da amizade. Epicuro não acreditava na tal imortalidade. Ele achava, na verdade, que a vida era uma grande tragédia.

    Objetivo da existência humana, de acordo com o filósofo:
    O objetivo era criar regras e se aliar com a natureza.

    Relação com a resposta de algum dos personagens do episódio de Gumball;

    A relação é com o pai que fala sobre aproveitar a vida sem muitos desejos e pedidos.

    Curtir

  8. Schopenhauer foi um grande filósofo que viveu entre 1788 a 1860. Nasceu em Danzig, na Prússia. Schopenhauer falava da relação entre sonhos e realidade. Para ele, seria impossível distinguir as duas condições. A vida seria um sonho muito longo, interrompido durante a noite por outros sonhos curtos. “Nós temos sonhos; não é talvez toda a vida um sonho? Mais precisamente: existe um critério seguro para distinguir sonho e realidade, fantasmas e objetos reais? ”, afirma Schopenhauer. O filósofo ainda discutia o porquê de todo ser humano ter a vontade de continuar vivendo. Qual seria o princípio a impelir os homens à continuação da vida e da espécie? Chegou à conclusão de que nosso corpo é o único objeto que conseguimos conhecer no universo, pois não o reconhecemos de fora, mas sim de dentro. Assim, diz que o Eu é a própria vontade de viver. Segundo ele, nosso instinto de sobrevivência é cego, mesmo sabendo que o que nos aguarda é a morte certa, nós continuamos a buscar a sobrevivência. A relação com episódio do mundo de gumball que vimos em sala é que Schopenhauer acredita que A vida apresenta-se principalmente como uma tarefa, isto é, de subsistir de gagner sa vie [para ganhar a vida]. Se for cumprida, a vida torna-se um fardo, e então vem a segunda tarefa de fazer algo com aquilo que foi conquistado — a fim de espantar o tédio, que, como uma ave de rapina, paira sobre nós, pronto para atacar sempre que vê a vida livre da necessidade.A primeira tarefa é conquistar algo; a segunda é banir o sentimento de que algo foi conquistado, do contrário torna-se um fardo.” Manoela Baez Kaic e Jainne

    Curtir

  9. Santo Agostinho
    Aurelius Augustinus (Aurélio Agostinho), mais conhecido como Santo Agostinho de Hipona, foi o patrono da ordem religiosa agostiniana e um dos responsáveis pela concepção do pensamento cristão medieval e da filosofia patrística.ascido em Tagaste, no dia 13 de novembro de 354 (atual Souk-Ahras, Argélia localizada a 90 km do Mediterrâneo), próximo a Hipona, na época províncias romanas do norte da África, Aurelius Augustinus era descendente de berberes por parte de pai e mãe, contudo essa última se convertera ao catolicismo, enquanto o pai permaneceu pagão.A concepção que Agostinho tem do mal, esta baseada na teoria platônica, assim o mal não é um ser, mas sim a ausência de um outro ser, o bem. Em seu livro Sobre o livre arbítrio Agostinho tenta provar de forma filosófica que Deus não é o criador do mal. Pois, para ele, tornava-se inconcebível o fato de que um ser tão bom, pudesse ter criado o mal.Agostinho tenta explicar que a origem do mal está no livre-arbítrio concedido por Deus.Deus em sua perfeição, quis criar um ser que pudesse ser autônomo e assim escolher o bem de forma voluntária.Para Santo Agostinho este seria o motivo da existência humana.A relação é que no incrível mundo de Gumball o balão é sempre muito positivo e sempre espera o melhor das pessoas e isto era uma das ideias que o Santo Agostinho queria trazer para gente.

    Curtir

  10. Colegio Teresiano
    Rafael e Eduardo
    Turma:A 8°ano
    Sartre

    Filosofo francês do século XX , viveu e nasce em paris , aborda sobre a filosofia de Heidegger e alguns pensamentos sobre a liberdade humana. No entanto, foi essencial para configurar sua própria teoria sobre o existencialismo , de acordo com Sartre, o ser humano existe como uma coisa e uma consciência (mente), para Sartre , a vida nada é até ser vivida. Mas cabe a te dar um sentido, e esse sentido nada mais é do que o sentido que lhe dás.

    Curtir

  11. Friedrich Wilhelm Nietzsche nasceu em 15 de outubro de 1844 na cidade de Röcken na Alemanha. Seu pai foi uma pessoa erudita e seus avós eram pastores protestantes. Cresceu em Saale, com sua mãe, duas tias e da avó. Em 1858, Nietzsche obteve uma bolsa de estudos para célebre escola de Pforta.
    Em seguida partiu para Bonn, onde se consagrou nos estudos de teologi Nietzsche situou um marco constitutivo entre os atributos “Apolíneos” e o “Dionisíacos”, donde Apolo figura como ícone de lucidez, harmonia e ordem, enquanto Dionísio representaria embriaguez, exuberância e deso ompeu com a analogia entre a Filosofia e a História que havia sido formada pelo filósofo alemão Georg Wilhelm Friedrich Hegel (1770-1831), onde esta seria compreendida enquanto uma crônica da racionalidade, a qual considera o excesso de história hostil e perigoso à vida, pois limita a ação humana.rdem e filosofia.
    A correlação do episódio do incrível mundo de gumbaal e Nietzsche e que o filosofo acredita na mesma mensagem que o episódio quer passar
    ricardo vianna e lucas rolim

    Curtir

  12. Aristóteles
    Sobre ele
    Entre os principais filósofos antigos está Aristóteles nascido na cidade de Estagira, na Macedônia, hoje pertencente à Grécia. Seus escritos discorrem sobre uma grande variedade de assuntos como biologia, física, lógica, ética, política e arte.
    Principais ideias
    • Aristóteles aponta quatro causas que fazem as coisas serem o que são: material, formal, eficiente e final.
    • Do que restou de seus escritos, podemos encontrar Aristóteles investigando o “ser enquanto ser”. Tal investigação sobre o que são e como são as coisas é fundamental para poder compreender o mundo. Nesse sentido, a sua metafísica discorre sobre princípios que garantam a realidade das coisas, como: o princípio de identidade, da não contradição e do terceiro excluído.
    • O campo político, Aristóteles se preocupou menos com hipóteses de uma sociedade ideal e mais com um estudo dos sistemas políticos e leis existentes em sua época. Aristóteles pensou uma sociedade que não fosse nem totalmente democrática e nem totalmente aristocrática: a política permitiria que os conflitos entre ricos e pobres pudessem ser amenizados.

    Sentido da vida de acordo com Aristóteles

    • Aristóteles considerava que esta verdadeira felicidade só seria alcançável num estado de completa apatia, isto é um estado de indiferença sobre tudo aquilo que nos rodeia.
    • Este filósofo defendia que só a indiferença pelo destino, e uma vida livre de emoções de sensações poderá levar-nos à felicidade.

    Relação com a resposta de algum dos personagens do episódio de Gumball

    • Cada personagem tem uma resposta e alguns não sabem responder mas um personagem disse que o sentido da vida é ser bom e ajudar os outros , o que tem uma certa semelhança com o pensamento de Aristóteles,.

    TRABALHO POR : Rafaela e Isabela

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s